Design a site like this with WordPress.com
Get started

DIÁRIOS DE RESISTÊNCIA – Parte IV

Parte IV – Da Guerra Colonial ao 25 de Abril de 1974 (1961-1974) Apresentamos aqui a última fase de acções de resistência até à queda do regime com a Revolução de Abril. São tempos extremamente agitados, que surgem na sequência de um acto eleitoral conturbado e fraudulento, causador de um alargado descontentamento social e do... Continue Reading →

DIÁRIOS DE RESISTÊNCIA – Parte III

Parte III – Do pós-guerra à Guerra Colonial (1945-1961) A década de 40 representa, política e socialmente, a primeira grave crise do regime salazarista desde a sua constituição oficial nos anos 30. Graças às repercussões económicas e sociais da II Guerra Mundial, e à vitória dos aliados em Maio de 1945, paira sobre a Europa... Continue Reading →

DIÁRIOS DE RESISTÊNCIA – Parte II

Parte II - Da Constituição de 1933 ao fim da Segunda Guerra Mundial A Constituição de 1933 entra em vigor a 11 de Abril e representa a legitimação legal do regime ditatorial. É através dela que Salazar - no Governo desde 1928, como Ministro das Finanças, e desde 1932 como Presidente do Conselho de Ministros... Continue Reading →

DIÁRIOS DE RESISTÊNCIA – PARTE I

Dá-se, a 28 de Maio de 1926, um golpe de estado protagonizado por militares antiliberais, que derruba a I República Portuguesa e instaura a ditadura militar em Portugal. Depois de alguma confusão e instabilidade governativa, assume o poder a ala mais conservadora, encabeçada por Óscar Carmona, a 8 de Julho, que sonha imitar a experiência... Continue Reading →

DIÁRIOS DE RESISTÊNCIA (1926-1974)

Portugal parece viver à sombra da designação “o povo é sereno”. No entanto, o que nos diz a nossa história de resistência à ditadura e à opressão?  Questionando o discurso que inventa a ideia de aceitação e defesa da ditadura portuguesa, ou pior, do povo enquanto delator colaboracionista, decidimos levantar, seleccionar e revisitar acções relevantes... Continue Reading →

Create a free website or blog at WordPress.com.

Up ↑